sábado, 29 de outubro de 2016

O ÚLTIMO CAPÍTULO



"Eu sempre disse que uma casa onde ocorreu um assassinato nunca mais pode ser comprada ou vendida pelos vivos. Só pode ser emprestada dos fantasmas que ficam para trás. Que ficam indo e vindo, saindo e voltando de novo." Lily é uma enfermeira contratada para cuidar de uma idosa, autora de vários livros de terror. Com o passar do tempo, ela percebe fatos anormais acontecerem na casa. É um filme bonito e poético. O clima fica totalmente pela trilha sonora, pelos ângulos perfeitos e pelas ótimas atuações. Eu esperei mais detalhes que pudessem aprofundar e conectar melhor as personagens, mas nisso o filme me desapontou um pouco. É um filme para ser apreciado, de uma história que precisava ser contada, mas não é para ser assistido por qualquer um em um momento qualquer. Também não é um filme para ser revisto, pelo menos não por mim...

Título Original: I Am The Pretty Thing That Lives In The House 
País: Estados Unidos da América
Ano: 2016
Direção: Oz Perkins
Elenco: Ruth Wilson, Paula Prentis, Lucy Boynton

Trailer:

6 comentários:

  1. Em todos os sites que foram colocados comentários sobre o filme por clientes da Netflix a nota foi extremamente péssima.
    Como acreditar na classificação indicativa da Netflix de 4 estrelas? Difícil ,não?
    Maior gasto de dinheiro em um filme simplesmente chato , parado e enfadonho!!1

    ResponderExcluir
  2. Muito ruim , no meu ponto de vista a enfermeira leu o livro e se impressionou de mais , imaginando toda a história ela infartou e consequentemente a senhora que precisava de cuidados morreu também , no meu ponto de vista .

    ResponderExcluir
  3. Haaa e deu sono também , muitooooo sonooooo

    ResponderExcluir
  4. Eu não entendi. Alguém me explica pf?

    ResponderExcluir