domingo, 30 de outubro de 2016

BEM-VINDO À MARLY-GOMONT


Um médico recém-formado no Congo aproveita uma oportunidade para se mudar com a família para uma cidade do interior da França, e assim começar uma vida nova. Porém, ao chegar na nova cidade, são recebidos pelo desprezo de uma população que nunca antes conviveu com negros. Assim, o médico tenta ganhar a confiança de todos, apesar do choque cultural e da ignorância de muitos. Apesar do preconceito racial ser um tema pesado e cruel (a cena das crianças chegando na escola é de cortar o coração), o filme é leve e bem humorado, tanto que é classificado como comédia e não como drama. É um filme para a família assistir reunida, numa ótima oportunidade para discutir o tema racismo com a criançada. O filme é baseado numa história real. Eu cresci numa cidade com os mesmos aspectos e preconceitos, e até hoje presencio comportamentos desse tipo. Triste, mas resta a esperança de que a bondade, a justiça, a empatia e o conhecimento prevaleçam sobre a cor da pele.

Título Original: Bienvenue à Marly-Gomont
País de Origem: França
Ano: 2016
Direção: Julien Rambaldi
Elenco: Marc Zinga, Médina Diarra, Aïssa Maïga, Bayron Lebli

Trailer:

18 comentários:

  1. Acabei de assistir, muito emocionante!

    ResponderExcluir
  2. Amei e recomendo, profundo e delicado

    ResponderExcluir
  3. O mais interessante é que o filme foi baseado em fatos reais, o que dá maior credibilidade ao contexto.

    ResponderExcluir
  4. Bem-vindo a Marly Gomont. Filme descontraído. Baseados em fatos reais. Agradável. Retrata a recepção de uma família africana para uma cidade do interior da França. Todos ficam apreensivos em morar no lugar desconhecido... Não foram assim tão vindos à primeira vista. Maioria não a recebe como civilidade... Isso acontece em todo mundo. Vai uma família de brancos lá para interior da África... O autor soube desenvolver a trama com pitadas de humor; o relacionamento familiar. O ator agrada pela sua atuação. Recomendado.

    ResponderExcluir
  5. Filme bom...muito bom! Excelente abordagem e reflexão!

    ResponderExcluir
  6. Belo filme; melhor ainda saber que foi inspirado por Kamini seu filho, um grande sucesso musical e....redenção da pequena aldeia

    ResponderExcluir
  7. O filme é excelente! Leve e emocionante.

    ResponderExcluir
  8. Muito lindo esse
    Filme!!!! Recomendo!!!

    ResponderExcluir
  9. Super recomendo.
    O racismo nos afeta cotidiamente.
    Precisa ser abordado dentro desse contexto.

    ResponderExcluir
  10. Só um adendo: Ele se forma na França e não no Gongo.

    ResponderExcluir